O QUE É BULIMIA?

20/12/2017 imprimir


O QUE É BULIMIA?

A bulimia parece ter especial despertar nos dias atuais. 
Com a facilidade da comunicação e da exibição excessiva nas redes sociais, ser lindo e feliz como nos comerciais de TV tem se tornado o desejo de consumo de muita gente e isso inclui, claro, ter o corpo perfeito. 

Alcançar a forma do corpo idealizado fica condicionado a regimes, dietas radicais, exercícios físicos em excesso sem se dar conta de que isso nem sempre é sinônimo de cuidar-se melhor ou ser mais saudável. Muitas vezes, todo esse esforço poderá estar ligado ao desenvolvimento de algum tipo de transtorno alimentar.O transtorno alimentar pode apresentar-se na forma de uma anorexia, bulimia ou obesidade.

Na Anorexia a pessoa tem uma concepção distorcida do próprio corpo, se vê com excesso de peso mesmo que fisicamente esteja muito magra e com a insistência em perder o peso imaginário se coloca a própria vida em risco. Se quiser saber mais sobre esse tema, acesse esse link: http://www.unipsicorp.com.br/blog/53/o-que-e-anorexia-nervosa

Na Bulimia também há um distúrbio de imagem. A pessoa não consegue aceitar a forma de seu corpo e isto causa-lhe um sentimento de insatisfação e um estado de ansiedade, levando-a a ingerir compulsivamente os alimentos, que são em geral muito calóricos, e em seguida há a utilização de estratégias para eliminar essas calorias, utilizando de métodos purgativos como a autoindução de vômitos ou uso indiscriminado de laxantes e diuréticos, ou ainda de métodos não purgativos, como jejuns e exercícios físicos excessivos.

O que leva a pessoa a esse comportamento compulsivo?

Por valorizar muito a forma do corpo e o peso e ainda por possuir uma percepção física distorcida e dificuldade em identificar as emoções, essa pessoa apresenta uma baixa autoestima, um nível elevado de ansiedade, um baixo limiar à frustração e um prejuízo no controle dos impulsos. Frente a esse quadro, que lhe gera insegurança, acrescenta-se ainda a idealização dos padrões de beleza. Essa pessoa costuma eleger padrões de beleza muito altos, praticamente inatingíveis, com o intuito de eleger a magreza como símbolo de sucesso e beleza, tal como entende que seja as exigências da sociedade. Ao perceber que não atinge tais metas, sente-se deprimida, fracassada e retorna á compulsão, com consequente culpa e depressão.

Quais as características do quadro de bulimia?

As características fundamentais são: comportamento compulsivo por ingestão de grande quantidade de alimentos, em um período de 2 horas, seguido por um comportamento compensatório inadequado para eliminação de peso, com a indução de vomito e uso de laxante e diuréticos, jejuns e exercícios excessivos, no mínimo 2 vezes por semana, num espaço de 3 meses.

Há indicação para internação hospitalar completa na bulimia?

A esses pacientes não há essa indicação, salvo devido as implicações clinicas devido às consequências dos sintomas purgativos persistentes, como alterações hemodinâmicas, convulsões, hipocatemia. Ou, em casos de indicações psiquiátricas, com risco de suicídio.

Qual o tratamento indicado para um quadro de bulimia?

Usualmente, uma equipe integrada multiprofissional, com clinico geral, psiquiatra, psicólogo e nutricionista torna-se o alicerce desse tratamento.

20/12/2017 imprimir Voltar